O teletrabalho tornou-se uma realidade para muitas pessoas nos últimos meses. Independentemente se é uma novidade ou se já trabalhava neste registo anteriormente, o espaço de trabalho em casa deve ser organizado e funcional de modo a conseguir manter o seu nível de produtividade.

Vamos dar-lhe algumas dicas para que possa manter um ambiente o mais proximo possível daquele que mantém no seu escritório.

Horario e rotina laboral

Defina o seu horário laboral, a rotina ajuda na produtividade. Quando saímos de casa para o trabalho cria-se uma rotina quase sem esforço, sabemos a que horas acordar e com quanta antecedência temos que sair para evitar atrasos no trânsito. No entanto quando deixa de haver essa necessidade e o nosso local de descanso passa a ser também o nosso local de trabalho cabe-nos a nós criar uma nova rotina para conseguirmos manter a organização e produtividade.

Horário laboral– É importante que esteja definido não só o horário de inicio e de término assim como o horário de almoço e os períodos de pausa. Além de ser mais favorável para o trabalhador permite também uma maior organização para a entidade patronal para telefonemas, reuniões, etc.

Roupa adequada– Evite o pijama! Optar por não trocar de roupa leva o nosso cérebro a encarar como tempo de descanso e relaxamento e pode, ainda que inconscientemente, diminuir a nossa produtividade.

Manter uma alimentação saudável e sono regular- O facto de estarmos em casa pode levar-nos a ceder a tentações que antes não acontecia com tanta frequência. O horário de deitar pode passar a ser mais tardio e nem sempre as refeições podem ser as mais adequadas para optarmos por refeições mais rápidas e menos nutritivas. É de extrema importância manter as mesmas horas de descanso e continuar a alimentar-se de forma equilibrada.

Defina o espaço onde trabalhar

O primeiro passo é optar por um espaço adequado à função e fixo, a melhor opção será uma divisão usada exclusivamente para trabalhar conseguindo assim manter uma barreira entre trabalho e vida familiar.

E se não for possível ter uma divisão exclusiva para este fim, mesmo que tenha que “roubar” um pouco de espaço a uma divisão tente criar uma divisão física (seja um biombo ou uma estante por exemplo). Opte por um local com poucas distrações externas, com uma boa luz natural e onde tenha dispostos todos os elementos necessários para as tarefas a desenvolver (computador, impressora, tomadas, material de escritório, etc.)

DICAS:

-Diminua a distrações digitais, a regularidade de termos programas abertos em background que não são necessários podem aumentar pelo facto de não existir supervisão ou controlo. Evite distrações que diminuam a sua produtividade e concentração;

-Não deixe que outras pessoas em casa sejam distração, se tem mais pessoas em casa é importante definir regras que diminuam a interferência de terceiros nas suas funções;

– Separe tarefas domésticas de tarefas profissionais, há um maior risco na sobreposição destes dois tipos de tarefas. É de extrema importância que seja capaz de fazer uma boa gestão de tempo, evitando assim “fugir” à rotina laboral com o pensamento “se calhar deveria passar aquela roupa a ferro”, ou o contrário, parar as tarefas domésticas para enviar um email que ficou por enviar;

-Mantenha o seu espaço pessoal, da mesma forma que não deve interromper o período laboral com assuntos pessoais o contrário também não deve acontecer. Quando terminar o horário laboral desligue o computador e deixe o as tarefas em falta para o dia seguinte;