O Certificado Internacional de Seguro Automóvel mais conhecido como “carta verde”, mudou!

Desde o passado dia 1 de julho que este documento passou a ser impresso em folha branca, mas manteve-se o dístico. Agora, a Portaria que vai ser publicada em Diário da República amanhã “oficializa” também a cor do dístico.

Apesar de todas as alterações continua a ser obrigatório afixar no para-brisas. O sistema de carta verde é uma convenção internacional, denominada Convenção multilateral de garantias, que tem por objetivo facilitar o transporte rodoviário. Nos países aderentes a este sistema, a carta verde serve para comprovar que o veículo tem seguro obrigatório.